Napoleão Maracajá lamenta caos em Pocinhos: “é de vaca desconhecer bezerro”

Napoleão ainda usou a frase: “em Pocinhos a situação é de vaca desconhecer bezerro”.

17 de maio de 2018   

Napoleão Maracajá – Representante do Sintab 

O diretor de comunicação do Sindicato dos trabalhadores municipais do agreste da Borborema (Sintab), Napoleão Maracajá, disse que sugeriu que os professores suspendessem as reposições de aulas que estavam acontecendo aos sábados, em Pocinhos, no cariri. A determinação, aceita pela categoria, foi decorrente dos atrasos nos pagamentos. De acordo com Napoleão, existem atrasos desde dezembro de 2017.

Napoleão ainda usou a frase: “em Pocinhos a situação é de vaca desconhecer bezerro”. Ele ainda lamentou o fato da prefeitura nomear novos secretários executivos e alegar que não tem condições financeiras de pagar os atrasos, que perduram desde dezembro do ano passado. “Ao tempo em que o prefeito não pagou o mês de dezembro de 2017 a alguns trabalhadores; está nomeando secretários. Tem dinheiro para contratar secretários, inclusive para secretaria que não tem fundo nenhum, portanto não se justifica a existência dela”, apontou.

Redação.