Paciente morde pescoço de médico em UPA e caso vai parar na delegacia

Os funcionários da UPA tentaram conter a família e impedido eles de entrarem na área vermelha, que tem acesso restrito. Foi neste momento que a confusão começou.

13 de Março de 2018   

O paciente chegou a arrancar o soro com os dentes e mordeu o médico na região do pescoço (Foto: Reprodução)

Uma confusão na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cruz das Armas, em João Pessoa, foi parar na Central de Polícia na noite desta segunda-feira (12). O médico que estava de plantão chegou a ser mordido na região do pescoço por um paciente.

De acordo com relatos, o homem chegou à unidade de saúde conduzido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) com pressão arterial alta e suspeita de infarto. Os familiares do paciente estavam bastante inquietos e queriam acompanhar o homem na área vermelha, além de terem tentado interferir na medicação.

Os funcionários da UPA tentaram conter a família e impedido eles de entrarem na área vermelha, que tem acesso restrito. Foi neste momento que a confusão começou. O paciente chegou a arrancar o soro com os dentes e mordeu o médico na região do pescoço. O homem tentou ainda agredir uma das enfermeiras.

A polícia foi acionada e os envolvidos no caso foram conduzidos para a Central de Polícia, no bairro do Geisel. Vítima e acusados foram ouvidos por uma delegada plantonista e posteriormente liberados. O paciente foi autuado por lesão corporal.

ClickPB