Prefeito de Pocinhos se mantém no cargo até decisão do TRE

O prefeito garantiu que vai recorrer da decisão e provar sua inocência.

17 de abril de 2018   

A chapa (Cláudio e Maísa) foi cassada.

A Justiça Eleitoral de Pocinhos cassou na manhã desta terça-feira (17) o mandato do prefeito Cláudio Chaves e da vice Maísa Souto, por compras de votos na eleição de 2016. A decisão permite que o prefeito continue no cargo até a apreciação de possíveis recursos no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB).

Caso o TRE entenda que houve crime eleitoral, o prefeito e a vice serão afastados imediatamente do cargo e realizadas novas eleições. A decisão também pediu a inelegibilidade dos gestores por oito anos.

O prefeito garantiu que vai recorrer da decisão e provar sua inocência.

A ação foi movida pela ex-candidata a prefeita Eliane Galdino. “Estou confiante que a justiça será mais uma vez feita”.

Redação.