Anderson Monteiro diz que prefeito de Esperança administra “na base da brincadeira e da piada”

Em entrevista ao programa Na Hora Certa, da Rádio Cidade AM, o ex-prefeito de Esperança e pré-candidato a deputado estadual, Anderson Monteiro(PSC), não economizou palavras para criticar Nobinho Almeida(PSB).

16 de Abril de 2018   

Em entrevista ao programa Na Hora Certa, da Rádio Cidade AM, desta segunda-feira(16), o ex-prefeito de Esperança e pré-candidato a deputado estadual, Anderson Monteiro(PSC), não economizou palavras para criticar a administração do prefeito Nobinho Almeida(PSB). Inicialmente, Monteiro disse esse atual governo têm conseguido ser pior do que o primeiro mandato, relatando que o sentimento de frustração e decepção tem tomado conta da população esperancense.

“Mais uma vez ele demonstra, nada mais nada menos, que é irresponsável e não tem compromisso com o trabalho, e administração, achando que tudo é na brincadeira e na piada. Ele não sabe, ou finge não saber, que todas as suas ações como chefe do executivo, só prejudica quem mais precisa. A corda sempre arrebenta do lado mais fraco, e que mais sofre nesse descalabro administrativo, não sou eu ou outra pessoa, mais sim aquela pessoa que mais precisa”, argumentou Anderson.

Ele citou como exemplo área importantes na cidade, como a saúde, ao qual ele diz que a população não consegue sequer encontrar um medicamento nas unidades de saúde.”Aquela pessoa que morava na zona rural, na nossa gestão, o farmacêutico ia lá dar essa medicação”, comparou. O ex-prefeito citou a construção de uma UPA, ao qual diz ter deixado praticamente pronta ao sair da prefeitura, aonde faltava apenas uma sala de Raio-X.

“Um detalhe, que por conta de picuinha política, Esperança está perdendo e deixando de ter uma UPA funcionando”, finalizou Anderson Monteiro.

Redação

 

VEJA TAMBÉM