Obras da Transposição na Paraíba podem ser concluídas até Outubro, diz coordenador do Dnoc’s

O abastecimento das águas do Rio São Francisco na Paraíba estão suspensas, devidos a obras que foram necessárias realizar em Poções e Camalaú

9 de agosto de 2018   

 

FOTO EMBARGADA PARA O ESTADO DA PARAÍBA – Solenidade de inauguração do Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco (na cidade de Monteiro (PB) © Raniery Soares

As obras da transposição do Rio São Francisco nos açúdes de Poções e Camalaú poderão ser concluídas até o mês de Outubro deste ano, foi o que garantiu o coordenador do Departamento Nacional de Obras contra a Seca (Dnoc’s), Alberto Gomes, em entrevista à Rádio 101 Fm na manhã desta quinta-feira(09).

“Nós fizemos uma reunião no Ministério Público da Paraíba, após uma série de atraso nas obras,e pedimos que a empresa responsável pela obra apresentasse um novo cronograma. A previsão é de que em 30 de Setembro ou Outubro a obra esteja totalmente concluída”, explicou Alberto na entrevista.

O abastecimento das águas do Rio São Francisco na Paraíba estão suspensas, devidos a obras que foram necessárias realizar em Poções e Camalaú, reservatórios que ficam no caminho do Rio Paraíba, que leva a água até o açúde de Boqueirão,que abastece Campina Grande e mais 18 municípios.

Alberto diz que algumas obras que foram necessárias fazer no açúde Epitácio Pessoa foram concluídas, e o investimento nas obras foram de R$ 16 milhões. Segundo o coordenador do Dnoc’s os atrasos aconteceram devido às chuvas, que acabaram impedindo o andamento das obras, além da greve dos caminhoneiros que atrapalhou, já que as peças hidromecânicas são fabricadas no estado de São Paulo.

Redação