Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Acusado de matar motoboy em 2018 não é encontrado e julgamento é adiado em Campina Grande

O julgamento do réu Gilberto Medeiros, acusado de matar o motoboy Ayrton Luiz, foi adiado. O julgamento estava marcado para ocorrer nesta quarta-feira (29), no Fórum Afonso Campos, em Campina Grande.

Publicado: 29/11/2023

FOTO: REPRODUÇÃO

O julgamento do réu Gilberto Medeiros, acusado de matar o motoboy Ayrton Luiz, foi adiado. O julgamento estava marcado para ocorrer nesta quarta-feira (29), no Fórum Afonso Campos, em Campina Grande. No entanto, o réu não foi encontrado e notificado para comparecer ao Tribunal do Júri.  

Segundo informações, a nova data do julgamento está agendada para acontecer em fevereiro de 2024. O réu será notificado por meio de edital, caso não compareça, Gilberto Medeiros, será julgado à revelia.

Em 22 de fevereiro de 2018, Ayrton Luiz morreu vítima de atropelamento após uma discussão de trânsito, quando fazia entrega de alimentos. A vítima foi perseguida e atropelada pelo suspeito que conduzia seu carro. Ayrton Luiz foi resgatado e levado para Hospital de Trauma, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

“Esperávamos que a justiça fosse feita hoje. Pois o acusado nunca foi preso, desde a morte do meu irmão. Nossa família, esperava que durante o julgamento marcado para hoje, a justiça fosse realizada. Agora, mais uma vez, a impunidade continua por mais tempo”, desabafou Jéssica Coutinho, irmã da vítima.    

Com Ingreson Derze

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS