Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Após nomeação para cargo na Bahia, Gilmara Timóteo revela articulação do governador João Azevêdo

Gilmara pediu exoneração do cargo de consultora técnica que estava ocupando no Governo do Estado após ter se desligado da Companhia Docas em fevereiro.

Publicado: 16/06/2023

FOTO: REPRODUÇÃO

A ex-presidente da Companhia Docas da Paraíba, Gilmara Timóteo, revelou que a nomeação para o cargo na Companhia Docas da Bahia foi resultado de uma articulação do governador João Azevêdo junto ao ministro de Porto e Aeroportos, Márcio França. Gilmara pediu exoneração do cargo de consultora técnica que estava ocupando no Governo do Estado após ter se desligado da Companhia Docas em fevereiro. 

“O próprio governador João Azevêdo, por ser do partido do ministro Márcio França, são amigos, e havia essa composição para as Docas federais, então o próprio governador João Azevêdo foi quem recomendou meu nome para o ministro Márcio França”, afirmou.

Gilmara Timóteo assumiu  a presidência da Companhia Docas do Estado da Bahia (Codeba), nessa quinta-feira (15) e a exoneração do cargo de consultora técnica da Paraíba saiu no Diário Oficial desta sexta-feira(16).

“Com a minha saída do Porto de Cabedelo em fevereiro, eu havia sido convidada pelo governador João Azevêdo para assumir a Agência reguladora do estado da Paraíba, e essa vaga estaria disponível em abril. Então, a partir de fevereiro, com meu desligamento do porto, eu assumi  temporariamente uma consultoria técnica ligada ao gabinete do governador”, destacou.

Com Janielly Azevêdo

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS