Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Bandeira amarela: conta de energia fica mais cara a partir deste mês

Isso acrescentará R$ 1,88 a cada 100 kW/h consumidos, conforme aprovado pela Aneel em março.

Publicado: 01/07/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

Em julho, o Governo Federal adotará a bandeira tarifária amarela na energia elétrica devido a condições menos favoráveis para a geração de energia no país. Isso acrescentará R$ 1,88 a cada 100 kW/h consumidos, conforme aprovado pela Aneel em março. Esse valor representa uma redução de 37% em relação aos R$ 2,99 anteriormente cobrados.

A bandeira amarela foi acionada devido à previsão de chuvas 50% abaixo da média até o final do ano e ao aumento do consumo de energia. Com menor disponibilidade hídrica e inverno com temperaturas acima da média, as termelétricas, que possuem custo mais alto, estão sendo mais utilizadas. Esses fatores elevaram o risco hidrológico e o Preço de Liquidação de Diferenças (PLD).

Esta é a primeira alteração na bandeira desde abril de 2022, após 26 meses de bandeira verde. O sistema de bandeiras tarifárias, criado pela Aneel em 2015, reflete os custos variáveis da produção de energia e incentiva o consumo consciente para evitar o acionamento de termelétricas.

PB Agora

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS

Rolar para o topo