Bolsonarista e lulista na ALPB se unem em torno da CPI das Águas que visa apurar supostas irregularidades em Santa Rita

Talvez, pela primeira vez na atual legislatura, Walber Virgolino (Patriota) e Anísio Maia (PT) falaram a mesma língua e apoiam a instauração da CPI.

Publicado: 25/05/2022

FOTO: REPRODUÇÃO

Um tema conseguiu unir um bolsonarista e um lulista, ambos de carteirinha, na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB): a implantação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar supostas irregularidades na privatização do abastecimento de água no município de Santa Rita.

Talvez, pela primeira vez na atual legislatura, Walber Virgolino (Patriota) e Anísio Maia (PT) falaram a mesma língua e apoiam a instauração da CPI. Walber é o autor do pedido e quer saber, dentre outras coisas, sobre uma suposta visita de emissários da Prefeitura de Santa Rita a representantes da empresa vencedora, Associação Águas do Nordeste (ANE), antes mesmo da realização do certame.

Anísio Maia, por sua vez, disse ser favorável a qualquer investigação a respeito “dessa história nebulosa da privatização da água em Santa Rita”. Ele citou um suposto valor baixo pago pela empresa para a exploração da água na cidade e o fato de que a mesma seria responsável por coleta de lixo e foi feita uma “maquiagem” para que ela pudesse trabalhar com o abastecimento de água.

PB Agora

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS