Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

BOMBA: Sócio torcedor requer afastamento de Rômulo Farias, Diretor de Futebol do Campinense

No requerimento, Mércio Franklin apresenta fatos e fundamentos que para ele justifica o seu pedido, citando os episódios envolvendo o diretor nas partidas contra o Treze, no ano passado.

Publicado: 14/06/2023

Foto: Reprodução

Mércio Franklin, Sócio Torcedor do Campinense Clube, protocolou nesta terça-feira (13) requerimento, perante o Conselho Deliberativo com cópia para o presidente Danylo Maia, solicitando o afastamento imediato de Rômulo de Freitas Farias, de suas funções de diretor de futebol e abertura de procedimento administrativo para a eliminação de Rômulo, dos quadros sociais da instituição Campinense Clube.

No requerimento, Mércio Franklin apresenta fatos e fundamentos que para ele justifica o seu pedido, citando os episódios envolvendo o diretor nas partidas contra o Treze, no ano passado. Naquela ocasião, Rômulo fez gestos obscenos para as arquibancadas, levando suas mãos as suas genitálias e oferecendo à torcida, onde na ocasião, era formada inclusive, por mulheres e crianças. No jogo do último sábado contra o Potiguar, o diretor agiu novamente, desta vez, desferiu um soco no gandula da partida, um jovem torcedor/colaborador do clube, que além do dano físico ainda teve seu óculos quebrado por meio da agressão praticada por Rômulo Farias.

“Rômulo Farias, tem reiteradas vezes, desabonado, ridicularizado e prejudicado direto e indiretamente o nome e a própria instituição Campinense Clube, com seus atos e ações, desrespeitando as instâncias do clube, atacando moralmente e fisicamente os nossos torcedores e afrontando dolosamente as normas estatutárias que regem a Raposa. Podendo trazer prejuízos irreparáveis para o Campinense, como por exemplo: multas e até a perda de mandos de campo”, comentou Mércio Franklin.

Perguntado sobre a base legal que sustenta o pedido, Mércio Franklin afirmou que Rômulo Farias infringiu inúmeros artigos do estatuto do clube.

“O Estatuto do Campinense é bem claro com relação à punição cabível a Rômulo Farias, ele descumpriu o Art. 55 em suas alíneas a, b, c, d, g, e h que gera Suspensão e o Art. 57 em suas alíneas b e d que geram Eliminação, não estou pedindo nada de mais, apenas que seja cumprida a Lei do clube, que é o Estatuto, para que possamos resguardar e preservar o nome da instituição Campinense Clube, sua história e eventuais prejuízos administrativos, judiciais e econômicos para o clube”, finalizou Franklin.

Assessoria

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS