Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Caso Ana Sophia: Osso e tecido com sangue são encontrados em região de buscas pelo corpo

Ainda não é possível afirmar se o osso é de origem humana ou animal. A previsão é que o laudo com a confirmação saia em até 10 dias.

Publicado: 08/12/2023

FOTO: REPRODUÇÃO

Um osso e um tecido com sangue foram encontrados nesta sexta-feira (8) entre as cidades de Serraria e Bananeiras, região em que Polícia Civil e Corpo de Bombeiros realizam buscas pelo corpo de Ana Sophia, menina que desapareceu no dia 4 de julho, no Distrito de Roma, em Bananeiras.

A Polícia Civil esteve no local nas primeiras horas de hoje onde fez o recolhimento do material que deve passar por perícia. Ainda não é possível afirmar se o osso é de origem humana ou animal. A previsão é que o laudo com a confirmação saia em até 10 dias.

As buscas foram retomadas pelo Corpo de Bombeiros da Paraíba no último dia 14 de novembro na área em que o corpo de Tiago Fontes, único suspeito de matar a criança, foi encontrado no dia 9 de novembro.

Tiago é o principal suspeito

A Polícia Civil da Paraíba realizou uma coletiva onde deu detalhes das investigações realizadas pela instituição, e, segundo a corporação, não existem mais dúvidas de que o vigilante Tiago Fontes foi o autor do assassinato de Ana Sophia, a menina que desapareceu em 4 de julho de 2023 no município de Roma, distrito de Bananeiras, na Paraíba. Durante a entrevista, inclusive, os delegados chegaram a traçar o que seria a cronologia do crime.

Um dos responsáveis pelo caso, o delegado Aldrovilli Grisi lembrou que Tiago Fortes está morto e que muito por isso alguns detalhes vão ser enterrados com ele. Ainda assim, as investigações, o trabalho de perícia, e os dados coletados pelo serviço de inteligência permitem levantar hipóteses que são sempre baseadas em evidências.

Com Portal Paraíba.com.br

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS