Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

CMJP anula título de ‘persona non grata’ a ex-presidente Jair Bolsonaro

A marcha à ré da Câmara Municipal acontece após pedido de anulação do requerimento protocolado pela vereador Eliza Virginia.

Publicado: 09/05/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

A mesa diretora da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) anulou através de um ato nesta quinta-feira (9) o requerimento aprovado anteriormente pela própria Casa Legislativa que concedia ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) o título de persona non grata.

“Torna-se sem efeito e determina a retirada da ata de 04 de abril de 2024, toda e qualquer menção ao termo “título de persona non grata” ao ex-presidente da república, Jair Messias Bolsonaro e dá outras providências”, leu o 1º secretário, Marcílio do HBE, no início da sessão.

A marcha à ré da Câmara Municipal acontece após pedido de anulação do requerimento protocolado pela vereador Eliza Virginia. Segundo a parlamentar, o título na existe na Casa, o que torna ele sem efeito.

Durante abertura da sessão, o presidente da Casa, Dinho Dowsley, respondeu as criticas de vereadores do campo progressistas, que mostraram descontentamento, e confirmou a decisão.

“Quem não ficar satisfeito com a decisão da Mesa, recorra”, disse Dinho Dowsley.

Confusão na Casa

O vereador, Junio Leandro (PDT), reagiu a fala do seu colega, o vereador Carlão (PL), que o chamou de mentiroso, após a mesa diretora anular o requerimento de sua autoria.

“Então ele acusa [de mentirosos] todos os vereadores que votaram favorável ao requerimento. É bom registrar que a pauta é colocada 24 horas antes e cada gabinete tem 16 assessores para olhar essa pauta, se ele dormiram e votaram em algo que não concordarem, aí eu não posso prejudicar”, disse o parlamentar.

Junio ainda defendeu o seu requerimento e apontou como “ilegal” a atitude da mesa diretora em derrubar o título concedido ao ex-presidente.

Portal Paraíba

 

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS