Começa a Rota Cultural Caminhos do Frio na Paraíba; veja programação

Projeto integra nove municípios da região, revelando aos turistas a cultura, a gastronomia, o artesanato e, principalmente, roteiros de natureza e aventura

Publicado: 04/07/2022

Foto::Reprodução

Após dois anos sem ser realizada, a Rota Cultural Caminhos do Frio começa nesta segunda-feira (4) na cidade de Areia, na região do Brejo da Paraíba. O projeto integra nove municípios da região, revelando aos turistas a cultura, a gastronomia, o artesanato e, principalmente, roteiros de natureza e aventura.

Até o dia 4 de setembro, o Caminhos do Frio também irá aquecer a economia, gerando empregos e incentivando a hotelaria, o comércio de comidas e bebidas típicas, além do artesanato produzido por artistas locais.
 
“O projeto não é promovido apenas para os turistas, ele integra a população, que passa a ter um novo olhar de sua cidade, com mais interesse em conhecer alguns elementos que até então estavam despercebidos. Isso eleva muito a autoestima de cidadão”, disse a presidente da PBTur, Ruth Avelino.

Durante a semana, o projeto é realizado para os moradores, com realização de debates, oficinas, minicursos de pintura, sarau poético, shows, entre outros. Nos fins de semana, são promovidos roteiros pelos pontos turísticos e shows com atrações regionais e nacionais. Em Areia, a atração de sábado (9) será o cantor e compositor Jorge de Altinho, que irá se apresentar na Praça Central da cidade.

A PBTur anunciou para o próximo fim de semana, em Areia, o início da pesquisa que deverá identificar o nível de satisfação das pessoas em relação ao Caminhos do Frio, bem como o perfil dos turistas que devem visitar as cidades durante a realização do projeto.

De acordo com Ruth Avelino, os dados da pesquisa servirão de subsídio para que as prefeituras, por meio do Fórum de Turismo do Brejo Paraibano, possam melhorar as próximas edições, assim como pautar novos projetos.
 
Desde 2011, a PBTur faz a pesquisa nas cidades que integram o projeto cultural. Essa ação foi suspensa durante os dois anos da pandemia da Covid-19. Deverão ser ouvidas cerca de 500 pessoas nos nove municípios. Esse trabalho terá o apoio da Federação do Comércio da Paraíba (Fecomércio). Na oportunidade, também será distribuído material institucional para a divulgação de outros pontos turísticos da Paraíba.

Portal Correio

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS