Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Corpo de Biliu é sepultado em Campina Grande ao lado do túmulo de Genival Lacerda

O momento foi acompanhado por uma multidão que esteve no local para dar o último adeus.

Publicado: 09/07/2024

FOTO: REPRODUÇÃO/Gabriel Barbosa

Foi enterrado na tarde desta terça-feira (9) o corpo do cantor e compositor paraibano Biliu de Campina, no Cemitério do Monte Santo, em Campina Grande, Agreste da Paraíba. Ele foi sepultado ao lado do túmulo do também cantor e compositor Genival Lacerda, que morreu em janeiro de 2021, aos 89 anos, por complicações da Covid-19. O momento foi acompanhado por uma multidão que esteve no local para dar o último adeus.

Já o velório aconteceu durante toda a manhã no Teatro Municipal Severino Cabral, em Campina Grande, no Agreste da Paraíba, onde Biliu foi homenageado por familiares, amigos, artistas e autoridades dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

Severino Xavier de Souza, conhecido como Biliu de Campina, morreu na segunda-feira (8) aos 75 anos. Ele estava internado no Hospital de Trauma de Campina Grande desde o último dia 24 de junho, em virtude de uma queda que provocou um sangramento na cabeça. A situação de Biliu se agravou e ele precisou ser internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Sobre

Biliu tem 75 anos e nasceu em 1º de março de 1949. Ele é natural de Campina Grande e é formado em Direito pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). No entanto, ele ganhou repercussão nacional através da música, tendo iniciado sua carreira artística por volta de 1978.

Através do seu ”forró tradicional”, o cantor projetou como um dos mais importantes artistas do gênero da Paraíba, tendo recebido influências do ritmo de Jackson do Pandeiro.

Biliu lançou três discos independentes: Tributo a Jackson e Rosil, Forró o Ano Inteiro e Matéria Paga, e lançou dois cds independentes: Do Jeito que o Diabo Gosta e Forrobodologia.

Trajetória

Biliu tem 75 anos e nasceu em 1º de março de 1949. Ele é natural de Campina Grande e é formado em Direito pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). No entanto, ele ganhou repercussão nacional através da música, tendo iniciado sua carreira artística por volta de 1978.

Através do seu ”forró tradicional”, o cantor projetou como um dos mais importantes artistas do gênero da Paraíba, tendo recebido influências do ritmo de Jackson do Pandeiro.

Biliu lançou três discos independentes: Tributo a Jackson e Rosil, Forró o Ano Inteiro e Matéria Paga, e lançou dois cds independentes: Do Jeito que o Diabo Gosta e Forrobodologia.

Aposentadoria dos palcos

No dia 22 de junho, foi anunciado pelo músico, em sua rede social, que iria se aposentar dos palcos. Na publicação explicava que mesmo aposentado dos palcos, o artista seguirá defendendo o forró, compondo e produzindo novas músicas.

Repercussão na política paraibana

Autoridades do Poder Legislativo da Paraíba utilizaram as redes sociais nessa segunda-feira (8) para também lamentar a morte do cantor.

Já a senadora Daniella Ribeiro (PSD) citou a herança deixada pelo artista. “Um grande artista que dedicou a vida à nossa cultura através da música. Composições que jamais serão esquecidas pela originalidade, humor e tradição. Fez história, construiu um rico legado. A Paraíba chora a sua partida. Valeu por tudo, Biliu. Os céus estão em festa.” disse.

O senador Efraim Filho (União Brasil) fez referência ao patrimônio cultural que o paraibano representa. “Biliu de Campina, um dos grandes nomes da cultura do Nordeste, da Paraíba e de Campina Grande, sua história, seu legado e sua contribuição para a música nordestina jamais será esquecida.”, lamentou Efraim.

Já o deputado federal Romero Rodrigues (Podemos) fez menção ao legado artístico que o paraibano traz em sua bagagem. “Biliu de Campina viverá para sempre em nossas memórias e em cada acorde da sanfona que embalar os corações brasileiros. Descanse em paz, mestre.”, disse o deputado.

Prefeito de Campina Grande decreta Luto

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (União Brasil), decretou nesta segunda-feira (8), luto oficial de 3 dias na Rainha da Borborema após confirmação da morte de Biliu.

Portal Paraíba

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS

Rolar para o topo