Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Corpo de Bombeiros deve fazer novas buscas ainda hoje para tentar encontrar corpo de Ana Sophia

Uma coletiva de imprensa será realizada nesta terça-feira (14), às 10h, pela força-tarefa que está à frente do caso do desaparecimento de Ana Sophia.

Publicado: 14/11/2023

Foto: Reprodução

O Corpo de Bombeiros está pronto para iniciar novas buscas ao corpo de Ana Sophia Gomes dos Santos, no distrito de Roma, em Bananeiras, Brejo paraibano. O comandante do 3º Batalhão de Bombeiros Militar, major Fernando Lima informou que aguarda apensa a orientação da força-tarefa que cuida do caso do desaparecimento da menina de 8 anos.

“Eu já deixei a equipe pronta. Hoje, após a coletiva de imprensa, vamos realizar um planejamento das próximas ações junto a Polícia Civil e Militar. Estamos prontos pra realizar uma busca na região, caso for o planejado”, confirmou major Fernando.

A coletiva citada pelo comandante do Corpo de Bombeiros será realizada nesta terça-feira (14), às 10h, pela força-tarefa que está à frente do caso do desaparecimento de Ana Sophia. De acordo com a polícia, o caso já foi elucidado e os detalhes serão revelados hoje.

As novidades foram iniciadas após produtores rurais encontrem um corpo em um matagal que fica nas proximidades onde a menina sumiu. Após exames periciais, foi confirmado que o corpo trata-te de Tiago Fontes, principal suspeito, conforme a polícia, matar a menina.

Relembre o caso

Em 04 de julho de 2023 Ana Sophia, de oito anos de idade, saiu de casa para brincar com uma amiga no próprio distrito onde residia, Roma, município de Bananeiras, Brejo do estado. Acostumados com a rotina, os familiares não se preocuparam com a saída dela. Porém, com o passar das horas, o fato da menina não retornar chamou a atenção dos familiares que foram buscá-la, mas não a encontraram.

Percebendo que a garota havia desaparecido, os pais procuraram a polícia que imediatamente iniciou as buscas. Durante os dias seguintes, sem obter pistas do sumiço da criança, uma força-tarefa foi montada envolvendo Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Guarda Municipal, além de populares que se engajaram nas buscas.

Ao menos cinco municípios da região foram vasculhados na tentativa de reencontrar Ana Sophia. Nenhuma busca obteve êxito.

Em setembro, após analisar várias imagens de câmeras do circuito de segurança de comércios locais, fazer perícias e juntar provas, a polícia passou a considerar Tiago Fontes como principal suspeito do crime. Entretanto, ele já havia desaparecido.

Com ClickPB

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS