Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Crianças e pessoas que integram grupos prioritários devem tomar a vacina contra Covid-19

Desde o início da campanha, ainda no período de pandemia, a maioria da população foi vacinada com o esquema básico ou exposta ao patógeno e, agora, o alerta segue para a manutenção desse cuidado.

Publicado: 03/07/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

Atualmente, a vacinação contra a Covid-19 faz parte de uma estratégia de prevenção e controle da doença. Desde o início da campanha, ainda no período de pandemia, a maioria da população foi vacinada com o esquema básico ou exposta ao patógeno e, agora, o alerta segue para a manutenção desse cuidado de crianças acima de seis meses a menores de cinco anos e para pessoas que integram os grupos prioritários.

Contra a Covid-19, a recomendação para realização do esquema vacinal é da seguinte forma: crianças de seis meses a quatro anos vão receber duas doses com intervalo de quatro semanas, da primeira para a segunda. Já a população a partir de 5 anos de idade, elencadas no grupo prioritário, tem uma recomendação de uma ou duas doses de reforço, dependendo de qual grupo faça parte. O grupo prioritário de idosos, imunocomprometidos, gestantes e puérperas devem receber duas doses da vacina XBB, com intervalo de 6 meses, da primeira para a segunda dose.

Para os demais grupos prioritários (pessoas vivendo em instituições de longa permanência e seus trabalhadores, indígenas, ribeirinhos, quilombolas, trabalhadores da saúde, pessoas com deficiência permanente, pessoas com comorbidades, pessoas privadas de liberdade – a partir de 18 anos, funcionários do sistema de privação de liberdade, adolescentes e jovens que cumprem medidas socioeducativas e pessoas em situação de rua), a recomendação é de apenas uma dose de reforço.

Nos grupos prioritários, a dose pode ser anual ou semestral. Para idosos, gestantes, puérperas e imunossuprimidos, a vacinação é semestral. Para todos os grupos, a vacinação independe da quantidade de doses que já tenham sido tomadas nos anos anteriores com intervalo de seis meses da última dose.

O intervalo mínimo recomendado entre a última dose de qualquer vacina Covid-19 e a vacina Covid-19 XBB é de três meses. “Na estratégia de prevenção do Ministério da Saúde, os esquemas primários de vacinação não são mais recomendados rotineiramente para pessoas acima de 5 anos de idade, que não fazem parte dos grupos prioritários. Contudo, se a pessoa não tiver nenhuma dose dos imunizantes e optar por se vacinar, poderá receber uma dose da vacina Covid-19 monovalente XBB”, esclareceu Fernando Virgolino, chefe da Seção de Imunização da Prefeitura de João Pessoa.

Documentação – Para vacinação é importante apresentar um documento oficial com foto ou registro da criança ou adolescente, o Cartão do SUS e o cartão ou caderneta de vacina.

Vacinação Domiciliar – Para pessoas acamadas e restritas ao leito, é necessário fazer agendamento, por meio do número (83) 98645-7727. As vacinas são disponibilizadas nos domicílios, de segunda a sexta-feira, no horário das 8h às 16h.

Com Portal Paraíba

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS

Rolar para o topo