Gatos são encontrados mutilados e mortos dentro de escola estadual em Campina Grande

as informações iniciais são que os gatos que ficavam na escola sumiram a alguns dias atrás e começaram a reaparecer mortos, com sinais de mutilação, envenenamento e com patas quebradas.

18 de julho de 2020   

Foto: Blog do Márcio Rangel

Desde o começo desta semana animais estão sendo encontrados mortos dentro da Escola Estadual  Assis Chateaubriand no Bairro do Santo Antônio, Zona Leste de Campina Grande/PB, as informações iniciais são que os gatos que ficavam na escola sumiram a alguns dias atrás e começaram a reaparecer mortos, com sinais de mutilação, envenenamento e com patas quebradas.

Até que na última quarta-feira (15), foi encontrado um gato agonizando por envenenamento, ele foi levado até o veterinário e lá foi confirmado o motivo da morte,  a Professora Elizabeth da Cunha, que leciona a matéria de Língua Portuguesa a 30 anos na escola, foi quem recebeu as denúncias nesta sexta-feira (17) de moradores da área que viram uma ação suspeita de pessoas com gatos em sacolas e arremessando esses gatos para dentro da escola.

Chegando até o local, a professora constatou o fato e viu que os gatos tinham sido envenenados e logo após feitas as agressões contra os animais, entre os animais estavam mães com os seus filhotes, o que confirma a crueldade do grupo.

Elizabeth ainda nos contou que já existem suspeitas de quem esteja realizando essa crueldade com os animais, e essa pessoa faz parte do corpo escolar, segundo a professora ocorre um conflito desde março por conta que ela está sendo impedida de ir a escola alimentar os animais e a pessoa que é suspeita dos crimes realizou assédio moral e disse que não queria os gatos no local e ainda falou que os animais não iriam ficar naquele lugar.

A diretoria da escola vem ajudando a resolver o caso e tem dado apoio a permanência e também ao fim dos atos cruéis contra os animais da área, inclusive foi feita uma reunião com a diretoria e organizações sociais a favor dos animais na última segunda-feira (13), e na mesma semana os casos aconteceram.

Com Blog do Márcio Rangel