Semana Nacional da Família é encerrada com missa na Diocese de Campina Grande

A grande Matriz de São Cristóvão ficou pequena pela quantidade de fiéis presentes, os espaços adjacentes como os dois salões, estavam todos preenchidos.

19 de agosto de 2019   

A Semana Nacional da Família acontecida nesses últimos dias de 11 a 17 teve seu cume nesse domingo (18) com a realização da 13º Caminhada das Famílias em Missão e com a Santa Missa Presidida pelo Bispo Diocesano Dom Dulcênio Fontes de Matos na Igreja Matriz de São Cristóvão, no bairro do Centenário.

Uma tarde em que as Famílias rezaram juntas, desde a Caminhada provinda da Igreja de Nossa Senhora das Graças, finalizada em São Cristóvão, onde tiveram a oportunidade de participar da Santa Missa junto a Padres, Diáconos, Seminaristas e religiosos.

A grande Matriz de São Cristóvão ficou pequena pela quantidade de fiéis presentes, os espaços adjacentes como os dois salões, estavam todos preenchidos. E foi buscando se acomodar que as famílias ouviram a impactante homilia de Dom Dulcênio Fontes de Matos, porventura da Solenidade da Assunção da Virgem Maria.

O Bispo aplicou em suas palavras, as riquezas infindáveis da Virgem Maria às famílias. Partindo desta premissa, Dom Dulcênio destacou no começo de sua fala que o Lar que vive à luz da espiritualidade Mariana é um elemento de coesão e unidade. Discorreu ainda sobre um “Coral Doméstico” que eleva suas preces a Nossa Senhora e, dEla recebe, as copiosas Graças.

Chamando atenção para um cultivo importante dessa devoção à Mãe de Deus, o Bispo afirmou: “No amor à Espiritualidade Mariana, a Família é Assunta”. Com essas palavras, Dom Dulcênio refletiu que, mediante a intercessão de Nossa Senhora, as famílias que se esforçam por desenvolver o amor de Deus no lar, são famílias que aspiram as coisas do alto.

O Senhor Bispo ainda reservou parte da sua homilia para falar da importância da oração do Santo Rosário em família. “O Rosário dito no aconchego de um lar por seus membros, é reconhecimento de que a Glória do céu, para onde Maria foi elevada, é para todos os que se põe diante de Deus, porque ele elevou os humildes”. Ensinou o Bispo.

Ao final da Santa Missa, Dom Dulcênio agradeceu ao empenho da Pastoral Familiar, e de todos os agentes que se empenharam nas Paróquias fazendo da Semana Nacional da Família, uma das mais exitosas. Agradeceu ainda ao Padre Ediberto, Assistente Eclesiástico da Pastoral Familiar.

Dom Dulcênio Fontes de Matos é Bispo referencial para o Setor Vida e Família da CNBB no Regional NE 2; já o Padre Ediberto é o Assessor Eclesiástico da Pastoral Familiar também do Reigonal .

Redação com Assessoria