Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Cunhado de pré-candidato a prefeito de Montadas, pela oposição, é preso dando mais um golpe

Publicado: 02/12/2023

Um escândalo de grande repercussão no município de Montadas, os moradores do pacato municipio foram pegos de surpresa com as reportagens afirmando que um Montadense foi preso por aplicar golpes contra o sistema financeiro, o fato que causou alvoroço é que um dos envolvidos é cunhado do pré-candidato a prefeito de Montadas pela oposição.

Policiais da Delegacia de Defraudações e Falsificações de João Pessoa prenderam em flagrante um trio de golpistas que tentava conseguir empréstimos numa instituição bancária da capital.

Conforme o delegado Aneiton Castro, a agência acionou a Policia Civil no momento em que um dos golpistas, usando documentação falsa, “fazia” um empréstimo. Os três golpistas presos , um natural de Touros/RN, outro oriundo de Campina Grande/PB e o último natural de Puxinanã, mas morador de Montadas.

O material apreendido com o Trio de golpistas

A foto na documentação era dele (identificado como João Maria, 65, natural de Touros/RN), mas os documentos pertenciam a outra pessoa, segundo do delegado.

A partir daí os outros dois foram presos: um identificado como “Jaelson”, natural de Puxinanã, 43 anos, estudante; e “Mateus”, 27 anos, natural de Campina Grande.

João Maria informou que estava com muitas dívidas (devendo a agiotas) e caiu na besteira de ir na conversa de um dos outros dois que ele conheceu na praia.

Os crimes são: estelionato, falsificação de documento público, falsidade ideológica, uso de documento falso e associação criminosa.

Jaelson dos Santos que é natural de Puxinanã, e mora em Montadas, no Agreste, já foi preso em 2020 após aplicar mais um golpe no comércio campinense e é cunhado do pré-candidato a prefeito de Montadas pela oposição, o que causou todo o burburinho no município nesta sexta.

A ação danosa dele, na época, custou o emprego de dois comerciários

Quando foi preso naquele ano, ele estava com diversos cartões de crédito.

Com Renato Diniz

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS