Depois de Bayeux, Princesa Isabel volta atrás e mantém obrigatoriedade do uso de máscara

Novo decreto com a manutenção da obrigatoriedade do uso de máscara em Princesa Isabel atende uma recomendação do Ministério Público da Paraíba (MPPB).

Publicado: 13/03/2022

Foto: Reprodução

A Prefeitura de Princesa Isabel, no Sertão da Paraíba, voltou atrás e manteve a obrigatoriedade do uso de máscara na cidade, conforme decreto publicado em edição extra do Jornal Oficial do Município, nessa sexta-feira (11). Veja aqui.

O prefeito de Princesa Isabel, Ricardo Pereira (Cidadania), havia sido o primeiro gestor municipal da Paraíba a anunciar a flexibilização no uso de máscaras.


O novo decreto com a manutenção da obrigatoriedade do uso de máscara em Princesa Isabel atende uma recomendação do Ministério Público da Paraíba (MPPB), a partir do que determina o decreto mais recente do Governo do Estado.

Bayeux também recuou


A Prefeitura de Bayeux, na Região Metropolitana de João Pessoa, foi outra que flexibilizou o uso de máscaras após Princesa Isabel, mas voltou atrás um dia depois e retomou a obrigatoriedade da proteção.

Campina Grande vai contra Estado e MPPB

Um novo decreto em Campina Grande flexibiliza o uso de máscaras na cidade, o que vai de encontro ao imposto pelo Governo do Estado e à orientação do Ministério Público da Paraíba (MPPB). O documento foi publicado nessa sexta-feira (11).

Portal Correio

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS