Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Desabamento em casa de shows: mais de 15 vítimas registraram boletim de ocorrência sobre acidente

Segundo a polícia, o depoimento do dono da casa de shows foi marcado para o dia 15 de maio. Mais de 60 pessoas ficaram feridas com desabamento de estrutura.

Publicado: 09/05/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

Mais de 15 vítimas do desabamento em uma casa de shows de João Pessoa já compareceram à delegacia para o registro de boletim de ocorrência em relação ao acidente., que deixou mais de 60 pessoas feridas. A informação foi confirmada pela delegada Desirée Vasconcelos, responsável pela investigação do caso. Segundo ela, o proprietário da Up Garden vai ser ouvido no dia 15 de maio.

De acordo com a delegada, o proprietário do Up Garden será o último a ser interrogado. “Eu preciso ouvir as vítimas e, também, algumas testemunhas, para poder colocar nos autos o que eu tenho de provas técnicas e, por último, segundo o rito do Código de Processo Penal, é que é feita a qualificação do interrogatório do investigado”, declarou a delegada.

Ela destacou, ainda, que as vítimas devem comparecer à delegacia o quanto antes.

Já o advogado Alberdan Coelho, responsável pela defesa criminal do proprietário do local onde ocorreu o acidente, disse que irá se pronunciar apenas após o desenvolvimento da investigação. Segundo ele, o interrogatório foi marcado para a manhã da próxima quarta-feira (15).

A última das vítimas que ainda estava internada no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa recebeu alta nesta quarta-feira (9). No dia, ao menos 61 pessoas foram internadas em diferentes hospitais de João Pessoa.

Relembre o caso

Uma festa acontecia no local na noite de domingo (28) quando a estrutura de madeira e telha onde ficava o palco desabou. O cantor Gustavo Sagaiz comemorava seu aniversário no estabelecimento no momento em que a estrutura desabou. De acordo com a defesa do artista, todas as normas públicas e contratuais foram respeitadas, sendo a casa de shows responsável pelo ocorrido.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o local estava irregular, sem autorização para a realização da festa pelo Corpo de Bombeiros. O tenente-coronel Aragão afirmou que a casa de shows já havia sido fiscalizada, notificada e autuada no mês de dezembro, quando foi realizado um outro evento no local. A multa aplicada foi no valor de R$ 4 mil.

Por g1 PB

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS