Estudante que foi atingida por cinco tiros passa por cirurgia e surpreendentemente o estado de saúde é estável

Os tiros atingiram o pescoço, quadril e axila.

23 de setembro de 2017   

Lizandra não corre risco de morte

A universitária Lizandra Santos, de 23 anos, encontra-se em uma das salas de cirurgia do Hospital Antônio Targino, em Campina Grande. Os médicos tentam retirar uma bala que ficou alojada próximo ao pescoço da estudante. De acordo com a família de Lizandra, ela foi atingida por cinco tiros e apenas tomaram conhecimento da quantidade de ferimentos no hospital.

O fato aconteceu na noite da última sexta-feira (22) quando a estudante se deslocava de Campina Grande ao município de São Sebastião de Lagoa de Roça. De acordo com a Polícia Militar (PM), criminosos mandaram que o veículo parasse, o motorista não obedeceu e eles atiraram várias vezes atingindo a universitária.

A família aponta uma versão mais aprofundada do caso. Uma parente próxima disse que ela estava à frente de um Policial no veículo e que ele havia reagido os disparos. Ao sentir os tiros a estudante teria deitado no chão do veículo. Em seguida foi atendida por uma Unidade de Suporte Avançado do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) e encaminhada para o hospital de Trauma de Campina Grande e transferida para o Targino nesta manhã de sábado (23).

Os tiros atingiram o pescoço, quadril e axila.

A Polícia não conseguiu encontrar nenhum suspeito.

*As informações são exclusivas do Se Liga PB e novas versões podem surgir a qualquer momento.

Redação