Antes de morrer, último comentário de Boechat avaliou as tragédias que chocaram o país em 2019

O jornalista morreu na manhã desta segunda-feira (11) em Sâo Paulo.

11 de fevereiro de 2019   

O jornalista morreu na manhã desta segunda-feira (11) em São Paulo. Ele era um dos dois passageiros que estavam no helicóptero que caiu sobre um caminhão no Rodoanel, na região da Via Anhanguera.​ (Foto: arquivo)

Antes de morrer, o jornalista Ricardo Boechat, tinha gravado na manhã desta segunda-feira (11), o seu noticiário diário ‘A notícia’, na Rádio da Band News. Em seus comentários ácidos como sempre, o renomado crítico avaliou as tragédias que tomaram conta do país desde o início de 2019.  Ele fez um último comentário lamentando as mortes em Brumadinho, Minas Gerais, e no Centro de Treinamento do Flamengo, no Rio de Janeiro.

Dentre os maiores destaques ele avaliou como negligente e cheio de impunidade, as responsabilidades das grandes tragédias envolvendo os moradores de Brumadinho, os jovens atletas do Flamengo, entre outras tragédias. 

O jornalista morreu na manhã desta segunda-feira (11) em Sâo Paulo. Ele era um dos dois passageiros que estavam no helicóptero que caiu sobre um caminhão no Rodoanel, na região da Via Anhanguera. 

Confira na íntegra o último comentário do jornalista, feito no início desta segunda-feira (11): cConConfira na 

Redação com ClickPB