COMPRA DE VOTO: Testemunha afirma que recebeu R$ 80 reais para votar em prefeito

As denúncias dão conta de que os benefícios foram os mais variados possíveis, especialmente de ajuda de custo

11 de outubro de 2017   

Cláudio Chaves corre o risco de ser cassado por supostos crimes eleitorais, caso seja considerado culpado.

Pouco mais de um ano após o processo eleitoral em Pocinhos, no Agreste da Paraíba, o Site de Noticias  Paraíba Debate teve acesso aos depoimentos de testemunhas que afirmam ter recebido alguma vantagem financeira para votar no atual prefeito, Claúdio Chaves da Costa (PTB).

As denúncias dão conta de que os benefícios foram os mais variados possíveis, especialmente de ajuda de custo, dentro do período vedado pela Justiça Eleitoral, para influenciar alguns eleitores na hora de votar.

Em depoimento ao Ministério Público da Paraíba (MPPB), uma senhora que afirma ter recebido uma ajuda de custo por parte do prefeito Claúdio Chaves, no pleito eleitoral de 2016. A moradora disse que recebeu a visita do prefeito em sua residência, e o mesmo lhe deu R$ 80 e lhe pediu voto, e ainda disse: “Vou lhe ajudar e você me ajuda”.

A depoente ainda acrescentou que o recurso financeiro só chegou no mês de setembro de 2016.

CONFIRA VÍDEO CLICANDO AQUI 

 

 

 

Redação com Paraíba Debate