Convênio entre cartórios e maternidades permite emissão de registros de nascimento logo após o parto em Campina Grande

Publicado: 21/12/2021

A Coordenação de Saúde do Bebê e da Primeira Infância da Secretaria de Saúde de Campina Grande, junto com outras instâncias, celebrou a assinatura de um convênio entre os cartórios de registro civil das pessoas naturais que atuam na cidade e as unidades de saúde onde são realizados partos. O objetivo é que aconteça o atendimento na própria maternidade para a expedição da certidão de nascimento.

Agora, o Instituto de Saúde Elpídio de Almeida – Isea, a CLIPSI, o Hospital da FAP e também a Clínica Santa Clara (que são as unidades onde se realizam partos em Campina Grande), poderão emitir o documento logo após o nascimento, até mesmo para bebês cujos pais morem em outra cidade. O sistema é interligado com outros cartórios de todo o país e a comunicação é online, o que permite a comunicação entre Campina e outros municípios.

“Através desse convênio, poderá ser emitida certidão de nascimento para as crianças que nascerem em Campina Grande, independente de qual seja o domicílio dos pais, porque os cartórios que atenderão nas unidades poderão se comunicar eletronicamente com qualquer cartório do país que esteja integrado ao sistema de unidades interligadas do conselho nacional de justiça” disse o juiz auxiliar da Infância e da Juventude do MPPB em Campina Grande, dr. Ely Jorge Trindade.

No ISEA, maior maternidade da Paraíba, nascem anualmente mais de 7 mil bebês e mais de 70% dos partos são de crianças de outras cidades. “Essa medida vai dar mais segurança e comodidade para as famílias, que já saem com as certidões emitidas da própria maternidade, e garantia de dignidade e direitos para as crianças”, disse a coordenadora de Saúde do Bebê e da Primeira Infância, Geuma Ângela.

Codecom

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS