Em dois dias, 10 suspeitos de violência doméstica na Paraíba são presos durante Operação Maria da Penha

Em caso de emergência, as denúncias devem ser feitas à PM pelo número 190. A população também pode recorrer aos números 197 (Polícia Civil), 180 e 123.

29 de agosto de 2021   

A Polícia Militar da Paraíba já conduziu mais de dez suspeitos de violência doméstica até as delegacias, entre a sexta-feira (27) e o início da tarde deste domingo (29). As prisões dos agressores, que possuem entre 22 e 49 anos, foram registradas nos municípios de Pombal, São Bentinho, Itabaiana, Riachão do Poço, Lucena, João Pessoa, Alagoa Grande, Patos, São Mamede e São José do Sabugi.

A Polícia Militar segue participando da Operação Maria da Penha, que ocorre simultaneamente em todos os estados e no Distrito Federal, até o dia 20 de setembro, sob a coordenação do Ministério da Justiça. No combate à violência contra a mulher, é de extrema importância que a população não se cale e colabore denunciando as agressões, que podem ser físicas, sexuais, psicológicas, morais e patrimoniais.

Em muitos dos casos, a vítima não consegue ou têm medo de denunciar o agressor e é neste momento que a participação de vizinhos e familiares é primordial para quebrar o ciclo de violência.  

Em caso de emergência, as denúncias devem ser feitas à PM pelo número 190. A população também pode recorrer aos números 197 (Polícia Civil), 180 e 123.