Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Dicas para melhor alimentação e hidratação antes do Carnaval 

Nutricionita orienta a se preparar antes mesmo de sair para os blocos carnavalescos

Publicado: 08/02/2024

Imagem: Reprodução Freepik

Além de disposição para não cansar, os foliões precisam se preparar antes de ir para o Carnaval. Geralmente, as festas duram muitas horas e, por isso, reforçar a alimentação e hidratação é indispensável. A recomendação é da nutricionista Myrella Cariry Lira, doutora em Ciências da Nutrição e docente da UNINASSAU Campina Grande.

“É preferível consumir alimentos leves e bastante energéticos, como açaí, tapioca, batata doce, macarrão, mandioca, suco de frutas, aves e peixes grelhados ou assados, sanduíche natural, frutas e saladas. Antes de sair para a festa, alimente-se bem e hidrate-se”, recomenda. “Também evite o consumo de alimentos de difícil digestão e gordurosos, pois podem causar indisposição, estufamento e azia, especialmente se forem associados à bebida alcoólica”, adiciona.

A nutricionista ainda orienta como programar as refeições (café da manhã, almoço e jantar), além dos lanches. “Evite o jejum, pois, nesses dias, terá um gasto energético elevado. Antes de sair para folia, dê preferência a se alimentar em casa”.  

Para as refeições, a especialista indica comidas ricas em carboidratos. Arroz, macarrão, batata e cereais, de preferência integrais, são alguns exemplos. Já no lanche, entre as refeições, castanhas, nozes, barrinhas de cereais ou protéicas, frutas secas ou naturais. “Essas opções vão auxiliar a repor a energia, prevenir a fadiga e manter o nível adequado de glicose no sangue”. 

Se o folião exagerar na bebida alcoolica, a nutricionista também compartilha algumas orientações. “O ideal é evitar a ressaca com hidratação constante e não realizar jejum. Se a pessoa estiver em busca de uma melhor recuperação, é importante beber líquidos – água, suco e água de coco – e consumir alimentos leves – sopas e frutas, como melancia e melão. A água será essencial para ajudar a eliminar os metabolitos do álcool e tratar a desidratação que causa a dor de cabeça da ressaca”.

Assessoria

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS