Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Dono de escola particular é preso suspeito de abusar de alunas em João Pessoa

O dono da escola convidava as alunas para irem até a sua sala afirmando que era para conversar sobre notas baixas. Quando elas entravam, começavam os abusos.

Publicado: 25/04/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

O dono – e diretor – de uma escola particular, no bairro do Rangel, em João Pessoa, foi preso na manhã desta quarta-feira, (24), sob a suspeita de ter abusado sexualmente de uma aluna de 12 anos. O crime teria ocorrido no interior da unidade.

O suspeito foi autuado em flagrante e vai passar por audiência de custódia, de acordo com a delegada Isabel Costa, que está apurando o caso. O caso está na Delegacia da Infância e Juventude, na Cidade da Polícia Civil, em João Pessoa.

“A gente se deparou com essa denúncia hoje na delegacia de Polícia. Fizemos o procedimento do caso, um auto de prisão em flagrante, tendo em vista que a menor relatou diretamente para a autoridade policial a situação que ocorreu. Foi lavrado procedimento e agora o preso irá passar por audiência de custódia e vamos continuar com algumas diligências que estão pendentes”, disse a delegada.

Ela ressaltou que não é possível entrar em detalhes porque o depoimento, em especial da criança e do adolescente, é sigiloso, mas disse que a criança contou a situação em detalhes. “De acordo com o relato dela, entendemos que é uma situação de flagrante e como lavrar o flagrante”. A mãe e a adolescente foram ouvidas, mas a delegada informou que outras pessoas ainda darão depoimentos.

O caso chegou ao conhecimento da Polícia Militar depois que a adolescente enviou um áudio para a mãe contando o que estava acontecendo. A família da vítima relatou que o diretor, também proprietário da escola, convidava as alunas para irem até a sua sala, justificando que era para conversar sobre notas baixas. Quando elas entravam, ele começava os abusos.

Por Lucilene Meireles

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS