Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Dudu Dantas diz que rompimento de Buba Germano não causou impactos para o governador no Curimataú: “todos os prefeitos estão fechados com João Azevêdo”

Dudu ainda falou sobre o consórcio entre os municípios do Curimataú e Seridó paraibano, e disse que o tomógrafo do Hospital de Picuí foi adquirido através do consórcio.

Publicado: 19/10/2022

Ex-prefeito de Cubati e atual Secretário Executivo de Estado do Desenvolvimento e da Articulação Municipal da Paraíba, Dudu Dantas. (Foto: Se Liga PB)

O ex-prefeito de Cubati e atual Secretário Executivo de Estado do Desenvolvimento e da Articulação Municipal da Paraíba, Dudu Dantas, em entrevista ao Programa Se Liga PB, na manhã desta quarta-feira (19), comentou sobre o rompimento do deputado estadual Buba Germano com o governador João Azevêdo (PSB), e disse que não houve impactos para o governador na região do Curimataú e Seridó. João Azevêdo está buscando a reeleição em uma disputa com Pedro Cunha Lima (PSDB) no segundo turno das eleições, e Buba recentemente anunciou apoio a Pedro para o Governo do Estado.

“Todos os prefeitos ficaram com o projeto do governador João Azevêdo, não são a maioria, são todos. A região está fechada com o governador por todo trabalho que vem sendo feito”, frisou.

O ex-prefeito pontuou que se houver alguma mudança será no município de Picuí, reduto político de Buba, porém, como o prefeito Olivânio Remígio (PT) está com João, a votação no município para o governador tende a ser expressiva.

Dudu ainda falou sobre o consórcio entre os municípios do Curimataú e Seridó paraibano, que também fazem parte dois municípios do Rio Grande do Norte, e disse que o tomógrafo do Hospital de Picuí foi adquirido através desse consórcio. Ele explicou que vendo a situação da Saúde, trouxe aos prefeitos e secretários de Saúde desses municípios a discussão sobre a demanda no atendimento voltado a exames de tomografias.

“Os municípios tinham essa grande dificuldade e vendo tudo isso, discutindo a Saúde da nossa região, fomos buscar recursos para a aquisição”, frisou.

O secretário citou como exemplo o município de Cubati e contou que a quantidade de exames por municípios são muito poucas em relação a demanda, sendo necessária uma maior assistência a população que precisa desse tipo de atendimento.

“Nós conseguimos prestar esse serviço de forma exitosa através desse consórcio, que funciona há muitos anos e tem levado mais qualidade na Saúde para a população nesse atendimento”, ressaltou.

O equipamento foi adquirido através de uma emenda do senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB), além da parceria com o Governo do Estado.

Redação

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS