Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Em Campina Grande, vereador Janduy faz crítica aos serviços e ao reajuste da CAGEPA

Publicado: 23/05/2024

Na tribuna da Câmara Municipal de Campina Grande, o vereador Janduy Ferreira (União Brasil) criticou duramente a qualidade dos serviços prestados pela CAGEPA e o recente anúncio de um reajuste de 9,97% na taxa de água. “Vim tratar hoje na tribuna sobre o problema da CAGEPA, que faz um serviço de péssima qualidade em alguns pontos de Campina Grande”, afirmou Ferreira.

O vereador destacou que a má qualidade dos serviços da CAGEPA é visível em vários bairros da cidade, agravada pelas intensas chuvas. “Observamos verdadeiras crateras em bairros da cidade, como na rua Jamila Abraão Jorge, onde um serviço mal feito deixou um buraco que pode causar acidentes”, destacou Janduy.

Ferreira ressaltou a preocupação em cobrar um serviço de qualidade por parte da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba. “É comum vermos esse mau serviço nos bairros, principalmente nas vias asfaltadas de nossa cidade. São reclamações que escutamos diariamente das pessoas de Campina Grande”, pontuou.

A crítica do vereador se intensificou com o anúncio do aumento de quase 10% na taxa de água. “A CAGEPA, antes de cobrar um reajuste tão alto, deveria resolver problemas enraizados há muito tempo, como o mau atendimento, os buracos nas vias e a falta constante de água em alguns bairros”, destacou.

Ferreira também denunciou o problema dos esgotos a céu aberto em bairros como Malvinas. “Há 41 anos, desde a ocupação do bairro, não houve modernização na rede de esgoto. Os moradores pagam uma taxa de esgoto sem que o serviço funcione”, lamentou.

O vereador também criticou a taxa de religação de R$ 545,50, que considera absurda, especialmente para a comunidade carente. “É inadmissível pagar um valor tão alto por um serviço de péssima qualidade”, disse.

Janduy Ferreira encerrou sua fala reiterando a insatisfação com a CAGEPA. “Eu não vou me cansar de falar desse assunto na Tribuna da Casa de Félix Araújo. Pagamos uma taxa de rede de esgoto cara por um serviço que não existe. Os campinenses não merecem pagar esse reajuste de quase 10% por um serviço de péssima qualidade. Isso é inadmissível”, finalizou Janduy Ferreira.

 

Com Portal  CG 1 News

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS