Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Estudante de medicina da UFPB tem matrícula cancelada por fraude no sistema de cotas do Sisu

Decisão é da juíza federal substituta Cristiane Mendonça Lage, da 16ª Vara Federal em João Pessoa, e tem efeito imediato. Réu pode recorrer da decisão.

Publicado: 08/04/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

Um estudante de medicina da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) teve seu vínculo na instituição cancelado por fraude no ingresso pelo sistema de cotas. A decisão em caráter liminar é da juíza federal substituta Cristiane Mendonça Lage, da 16ª Vara Federal em João Pessoa. O estudante ainda pode recorrer, mas a decisão tem efeito imediato e a UFPB já encerrou o vínculo com ele.

O estudante se chama Leonardo Rosa Santos e a ação contra ele foi movida pelo Ministério Público Federal (MPF) após investigação realizada pela Polícia Federal. Ele foi condenado por estelionato e falsidade ideológica.

Como ele está no último semestre do curso de medicina e com colação de grau prevista para o segundo semestre de 2023 (que ainda por causa das paralisações da época da pandemia só se encerra em 28 de junho de 2024), a juíza entendeu que o não cumprimento imediato da decisão poderia acarretar em prejuízos insanáveis à UFPB e à sociedade.

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS