Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Estudante de medicina, natural da Paraíba, é encontrada morta na região da fronteira do Brasil com o Paraguai

A jovem tinha 30 anos e estava estudando medicina em uma universidade no Paraguai.

Publicado: 13/05/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

Uma estudante de medicina natural do município de Itabaiana, no Vale do Paraíba, foi encontrada morta ontem (12), na cidade de Ponta Porã, no estado do Mato Grosso do Sul.

De acordo com informações, Camila Soares de Arruda e Silva tinha 30 anos e estava estudando medicina em uma universidade no Paraguai.

O município brasileiro onde o corpo de Camila foi encontrado fica faz limite com o país. A jovem, de acordo com a imprensa local, estava ao lado de uma cama.

O caso está sendo investigado pela Polícia da região.

Camila também era enfermeira e atuou no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e no Hospital Regional, ambos em Itabaiana.

“Quem conheceu Camila teve a oportunidade de conviver com uma jovem alegre, inteligente e muito batalhadora”, publicou o prefeito de Itabaiana, Lúcio Flávio, em uma rede social.

Com ClickPB

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS