Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Ex-candidato a deputado Caio da Federal é demitido da Polícia Federal pelo ministro Flávio Dino

Caio Márcio Angelo de Sousa foi candidato ao cargo de deputado federal em 2022 e conseguiu quase 7 mil votos, ficando na suplência do PL.

Publicado: 16/06/2023

FOTO: REPRODUÇÃO

O ex-candidato a deputado Caio da Federal foi demitido da Polícia Federal nesta sexta-feira (16), pelo ministro Flávio Dino. Caio Márcio Ângelo de Sousa foi candidato ao cargo de deputado federal em 2022 e conseguiu 6.850 mil votos, ficando na suplência do PL.

No início da campanha, ele utilizava o nome de Caio da Federal. Porém, posteriormente precisou mudar para Policial Caio para se adequar a uma decisão do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB).

Conforme o documento, Caio foi acusado de usar o cargo de agente da Polícia Federal para obter proveito de natureza política partidária durante as eleições de 2022 e deixar de cumprir as funções atribuídas ao cargo que exercia na PF. 

“Ao valer-se do cargo com o fim, ostensivo ou velado, de obter proveito de natureza político-partidária, para si; deixar de cumprir ou de fazer cumprir, na esfera de suas atribuições, as leis e os regulamentos; negligenciar ou descumprir a execução de ordem legítima de autoridade competente; e violar o dever de ser leal às instituições a que servir”, diz a portaria.

Com Janielly Azevêdo

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS