Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Ex-ministro de Dilma, José Eduardo Cardozo recebe título de cidadania paraibana na ALPB

Adriano Galdino destacou que a Cidadania Paraibana, além de uma homenagem e um reconhecimento, é também um chamamento, um ato que exige do homenageado a responsabilidade de atuar e defender a Paraíba e os direitos dos paraibanos.

Publicado: 05/10/2023

Foto: Assessoria / ALPB

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) concedeu, nesta quinta-fera (5), Título de Cidadania Paraibana ao ex-ministro da Justiça, José Eduardo Martins Cardozo. A homenagem proposta pelo deputado Chico Mendes foi aprovada por unanimidade no plenário da Casa Epitácio Pessoa. A solenidade contou com a presença do presidente da ALPB, Adriano Galdino, e dos deputados Anderson Monteiro, Branco Mendes, Jane Panta, Júnior Araújo, Luciano Cartaxo e Tião Gomes.

O presidente da Assembleia, deputado Adriano Galdino, destacou que a Cidadania Paraibana, além de uma homenagem e um reconhecimento, é também um chamamento, um ato que exige do homenageado a responsabilidade de atuar e defender a Paraíba e os direitos dos paraibanos.

“O ministro José Eduardo Martins Cardozo tem uma larga folha de serviço prestado, não só no campo jurídico, mas também no campo administrativo e legislativo. E a Paraíba se sente orgulhosa por estar lhe concedendo essa honraria de filho da Paraíba. É nítida para nós que a honraria entregue ao ex-ministro é merecida. Quero que, a partir de hoje, o homenageado sinta-se Paraibano e leve na sua alma um pouco da nossa história, que leve no seu coração o propósito de lutar para que seja feita uma justiça orçamentária nesse país. Para que os recursos da União sejam distribuídos de forma mais democrática e que possamos ter também direito ao bolo orçamentário tão próprio de cada um de nós”, argumentou Adriano.

Mais que ex-ministro da Justiça, o vice-presidente da Assembleia, deputado Tião Gomes, declarou que José Eduardo Cardozo atua como um importante defensor da democracia e que por isso está sendo homenageado pelo Poder Legislativo paraibano. “É o reconhecimento pelo que ele fez pelo Brasil e ainda continua fazendo. Um grande homem, com uma história exemplar em defesa da democracia e do país. Foi ministro, e hoje, também vai ser paraibano. Isso é muito importante para nós, porque mostra o valor que tem a Paraíba e o nosso orgulho de tê-lo como um filho de nossa terra”, disse Tião.

O deputado Chico Mendes ressaltou que José Eduardo Cardozo é cidadão de naturalidade paulistana, mas tem um imenso amor ao estado da Paraíba e que, por isso, este Título representa, além de um acolhimento, uma singela homenagem de reconhecimento público ao ex-ministro. Para o parlamentar, a atuação jurídica do ex-advogado-geral da União enriquece também a advocacia paraibana.

“O ex-ministro José Eduardo Cardozo é um jurista nato e de um currículo generoso. José Eduardo é de uma simplicidade, de uma sabedoria e de uma competência que quem conhece se encanta. Ele advoga muito para a Paraíba também, tem parcerias com escritórios de advocacia aqui e no Brasil inteiro. A Paraíba fica mais rica hoje ao receber e adotar esse novo cidadão Paraibano. É uma honra ter feito esta propositura. Acredito que a advocacia paraibana, de forma geral, está muito feliz com a chegada desse novo cidadão paraibano”, afirmou o deputado Chico Mendes.

Emocionado, José Eduardo Cardozo ressaltou a gratidão pelo Estado. “É um dia muito emocionante. De certa forma, a Paraíba e os paraibanos marcaram a minha vida. Devo muito a esse estado pelo aprendizado que me deu na defesa da democracia e de uma sociedade mais justa. Por isso me considero um paraibano de coração. E hoje, me sinto muito grato por considerarem esse paraibano de coração também um paraibano oficial”.

A solenidade contou ainda com a presença do desembargador José Ricardo Porto, representando o Tribunal de Justiça da Paraíba; da vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB), desembargadora Agamenildes Dias Arruda Vieira Dantas; da defensora pública-geral do Estado, Maria Madalena Abrantes Silva; do procurador da ALPB, ex-deputado Jeová Campos; do procurador-geral do Estado, Fábio Andrade; do deputado estadual de Rondônia, Alan Queiroz; do vereador de João Pessoa, Fernando Milanez Neto; além de juízes, advogados, amigos e familiares do homenageado.

JOSÉ EDUARDO MARTINS CARDOZO

José Eduardo Martins Cardozo é um jurista, advogado e político brasileiro, filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT). Foi deputado federal por três mandatos consecutivos e ministro da Justiça (de 2011 a 2016), onde planejou o combate ao narcotráfico e tráfico de armas com o controle das fronteiras, além de elaborar um plano nacional de segurança pública envolvendo todos os Estados.

O advogado foi ainda vereador em São Paulo por três mandatos, secretário de governo do município, no mandato da então prefeita paraibana Luiza Erundina, e chefe de gabinete da Secretaria de Administração Federal da Presidência da República. Foi, também, procurador do Município de São Paulo.

Também ocupou o cargo de advogado-geral da União na gestão da então presidente Dilma Rousseff, atuando como seu defensor no processo de impeachment no Congresso.

Ascom

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS