Ex-prefeito de Bananeiras, Douglas Lucena, coloca seu nome à disposição para a Câmara Federal, e defende um mandato com a participação popular

Douglas destacou sua experiência política com quatro mandatos consecutivos nos cargos de vereador de Bananeiras, vice-prefeito e prefeito por duas vezes.

Publicado: 30/05/2022

FOTO: RECORTE SE LIGA PB

O pré-candidato a deputado federal e ex-prefeito de Bananeiras, Douglas Lucena, em entrevista ao Programa Se Liga PB, na manhã desta segunda-feira (30), colocou seu nome à disposição para uma vaga na Câmara Federal, e destacou sua experiência política com quatro mandatos consecutivos nos cargos de vereador de Bananeiras, vice-prefeito e prefeito por duas vezes.

“Coloco meu nome à disposição da Paraíba com uma acumulação de experiências”, destacou.

Ele pontuou que durante sua atuação como prefeito de Bananeiras, contribuiu de forma significativa para o desenvolvimento do município, com reconhecimentos nacionais e internacionais pelo êxito em Políticas Públicas e práticas administrativas. Segundo Douglas, em vinte anos do Prêmio Prefeito Empreendedor do SEBRAE, apenas dois prefeitos na história da Paraíba receberam premiação nacional e o seu nome é um deles.

“Desenvolvemos Políticas Públicas que se transformaram em referência”, disse.

O pré-candidato a deputado federal explicou que seu projeto é voltado para a escuta da população e a participação popular, e citou a proposta do mandato compartilhado, o qual chamou de Mandato Popular da Paraíba, que consiste na participação direta da população paraibana.

“Vamos montar um grande conselho político que vai definir baseado na votação de cada município”, contou.

Na ocasião o ex-prefeito disse que está com uma parceria política em Bananeiras, assim como também em outras cidades, com o deputado estadual Anderson Monteiro (MDB).

Douglas ainda fez uma avaliação da atual gestão de Bananeiras e apontou falhas na administração do município, e comentou sobre as potencialidades turísticas da cidade, e ressaltou a importância do estímulo para essa área ser potencializada.

Redação

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS