Ex-prefeito de Lagoa Seca e pré-candidato a deputado estadual, diz que a Paraíba precisa de uma política de desenvolvimento e não partidária

Fábio ainda comentou sobre sua relação com o prefeito de Esperança, Nobinho Almeida.

Publicado: 13/05/2022

FOTO: SE LIGA PB

O ex-prefeito de Lagoa Seca e pré-candidato a deputado estadual, Fábio Ramalho (PSDB), em entrevista ao Programa Se Liga PB, na manhã desta sexta-feira, 13, disse que a Paraíba precisa de uma política de desenvolvimento e não partidária.

Fábio ainda comentou sobre sua relação com o prefeito de Esperança, Nobinho Almeida (PP), e falou que tinha o desejo de fazer uma parceria com o gestor, o que não aconteceu. Ele explicou que na política é preciso se ter reciprocidade, o que não houve por algum motivo, mas respeita o posicionamento de Nobinho.

“Infelizmente não houve a possibilidade de ter o apoio dele aqui na cidade, mas tenho certeza de que o povo de Esperança sabe do trabalho que realizamos em Lagoa Seca”, disse.

Segundo Fábio, havia tido um diálogo com Nobinho Almeida desde o ano passado com relação a pré-candidatura do prefeito de Esperança para federal, o que não aconteceu, tendo o gestor preferido não concorrer nas próximas eleições.

O ex-prefeito comentou sobre a dificuldade hídrica enfrentada por Esperança e região, e pontuou a necessidade de discutir Políticas Públicas que funcionem, que promovam resultados.

“A população espera por Políticas Públicas de desenvolvimento de região e de cidade. As vezes não é tão bom se trazer candidatos que não conhecem a realidade e a história da cidade”, pontuou.

O ex-gestor explicou que independentemente de apoios políticos, irá trabalhar pelas regiões que mais precisam, uma vez que, sua política não é partidária, mas de desenvolvimento.

“Eu acho que um pré-candidato da terra, um pré-candidato próximo, contribuiria muito, mais muito mais. Mas é claro que independentemente de um apoio ou de outro, estaremos lutando tranquilamente pelo desenvolvimento de Esperança e de toda a região”, destacou.

O pré-candidato a deputado estadual, também comentou sobre seus apoios políticos, e citou a recente adesão do ex-deputado estadual, ex-prefeito de Queimadas e pré-candidato à deputado federal, Jacó Maciel (União Brasil). Segundo Fábio, Jacó Maciel é um amigo e um importante parceiro que vem somar ao seu projeto.

“Com a boa relação que nós temos, a desistência de Jacó para estadual, e a decisão dele de ir para federal, começamos a conversar, abrindo-se as portas para uma grande parceria. É uma alegria ter recebido esse apoio, e isso significa que estamos no caminho certo, com pessoas de bem, fazendo uma boa política, para que possamos mostrar nosso trabalho”, ressaltou.

Na ocasião, Fábio Ramalho que está com o pré-candidato a governador, Pedro Cunha Lima, ainda falou que a política paraibana precisa se oxigenar, e Pedro vem trazer essa oxigenação, por meio de uma política de desenvolvimento, com uma administração que seja mais presente na vida dos municípios e das regiões.

Redação

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS