Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Idosa é vítima de golpe do empréstimo em quase R$ 37 mil na Paraíba; Justiça determina suspensão do pagamento das parcelas

Vítima tinha um empréstimo de relativo baixo valor com um banco e acabou caindo no golpe após um criminoso se passar por funcionário de outro banco e realizar um novo empréstimo no nome dela.

Publicado: 04/12/2023

FOTO ILUSTRATIVA/REPRODUÇÃO

Uma ação da Defensoria Pública da Paraíba (DPE-PB) conseguiu uma decisão para parar a cobrança de um empréstimo de R$ 36.838,69 feito por criminosos contra uma idosa de 60 anos. 

A idosa havia feito um empréstimo junto a um banco privado no valor de R$ 1.513,09, dividido em 64 parcelas. Em janeiro deste ano, ela recebeu mensagens no WhatsApp enviadas por uma pessoa, que se passou por funcionária de outro banco privado, oferecendo a quitação do empréstimo com a outra instituição financeira mediante parcelamento da dívida, em parcelas menores, com o que seria o novo banco.

No momento da aplicação do golpe a pessoa que se passou por funcionária do banco estava com dados pessoais da idosa, que acabou aceitando a proposta. No entanto, ao invés de pagar a dívida anterior e fazer o parcelamento do novo valor, a suposta funcionária solicitou um novo empréstimo no valor de R$ 36.838,69, em nome da idosa.

Após a realização do novo empréstimo, a aposentada passou a ter descontados valores dos dois empréstimos. O golpe foi descoberto quando a vítima buscou ajuda com a Defensoria Pública.

“Por conta de sua condição de saúde, a idosa é uma pessoa extremamente vulnerável. Mesmo antes de ingressar com a ação, ela buscou solucionar o problema extrajudicialmente, acionando inclusive o Procon, porém, todas as tentativas de resolução amigável mostraram-se infrutíferas”, destacou a Defensoria.

Com ClickPB

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS