Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Inova Educação 2024 registra mais de 60 projetos inscritos

A premiação, de iniciativa do mandato do deputado estadual Chió (Rede), foi criada em 2021.

Publicado: 23/04/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

Premiando práticas inovadoras no âmbito da Rede Pública de Ensino ou através de Organizações Não-Governamentais (ONGs), o Inova Educação registrou 68 projetos inscritos na edição de 2024. Ao todo, a premiação conta com a participação de representantes de 38 cidades paraibanas. A premiação, de iniciativa do mandato do deputado estadual Chió (Rede), foi criada em 2021.

Sustentabilidade, controle a obesidade, produção midiática, matemática financeira, animes, produção cultural, literatura, inclusão, esportes, educação financeira, agroecologia e ciência são alguns dos temas presentes em projetos que concorrem aos prêmios. Chió, o parlamentar que idealizou o Inova, celebrou a diversidade de temas.

“Mais um ano de Inova Educação e mais um ano em que o sentimento é de gratidão a todos os educadores que se empenham em fazer o melhor para a educação, o melhor para o futuro de tantas crianças e jovens. São escolas e ONG’s que, mesmo sem ter muito, fazem o extraordinário: educar cidadãos para um futuro melhor. É muito gratificante ver a a pluralidade dessas práticas inovadoras e estamos aqui para amplificar e disseminar essas ideias e práticas”, declarou o parlamentar.

O objetivo da premiação é selecionar projetos que receberão o selo de práticas inovadoras como reconhecimento do trabalho e esforço dos profissionais de educação na busca da melhor formação dos estudantes da Paraíba. Os projetos mais bem avaliados terão recursos através de Emenda Parlamentar destinados para despesas de capital. Os recursos aplicados nas escolas e/ou organizações serão de R$80, 70 e 60 mil para, respectivamente, os três projetos melhor avaliados.

As práticas inovadoras receberão Moção de Louvor a ser entregue na Assembleia Legislativa da Paraíba; certificação de escola inovadora sede do projeto; divulgação da prática/projeto permanente em ambiente virtual, denominado de Banco de Práticas Inovadoras em Educação.

Com o encerramento das inscrições, o Conselho Curador realizará a análise e seleção dos projetos que irão concorrer, efetivamente. A avaliação dos projetos ocorre de 29 de abril a 8 de maio, com divulgação dos selecionados no dia 13 de maio. A solenidade de entrega da premiação está prevista para o dia 28 do mesmo mês, dia mundial da educação.

A premiação deste ano conta com a participação de educadores em atuação em cidades do Sertão ao Litoral. São elas: Algodão de Jandaíra, Arara, Araçagi, Areia, Areial, Assunção, Baía da Traição, Barra de Santa Rosa, Baraúna, Campina Grande, Cabedelo, Caraúbas, Casserengue, Cubati, Cuité, Damião, Esperança, Guarabira, Ingá, Jacaraú, João Pessoa, Lagoa Seca, Mogeiro, Nova Floresta, Nova Palmeira, Patos, Picuí, Pilões, Remígio, Santa Luzia, Santa Rita, Serraria, Sertãozinho, São José de Lagoa Tapada, São Sebastião de Lagoa de Roça, Solânea, Soledade e Taperoá.

Assessoria

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS