Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Investigação revela esposa como autora de homicídio em Barra de Santa Rosa

O caso, que inicialmente aparentava ser um latrocínio, teve uma reviravolta durante as investigações, revelando a esposa da vítima como autora do crime.

Publicado: 10/05/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do Núcleo de Homicídios da 13ª Delegacia Seccional (região de Picuí), elucidou o homicídio de Reginaldo dos Santos, de 50 anos, em menos de 24 horas após o crime. O caso, que inicialmente aparentava ser um latrocínio, teve uma reviravolta durante as investigações, revelando a esposa da vítima como autora do crime.

Reginaldo foi encontrado morto em sua residência em Barra de Santa Rosa na noite do dia 16 de maio. Sua esposa, de 38 anos, havia informado à polícia que a casa havia sido invadida por assaltantes e que eles teriam assassinado Reginaldo durante um roubo.

Com base em depoimentos e informações coletadas na cena do crime, a equipe da Polícia Civil prendeu dois suspeitos. No entanto, durante a investigação, inconsistências nas informações e contradições nos depoimentos da esposa da vítima levantaram novas suspeitas.

Diante dos fatos, os policiais intensificaram as investigações e descobriram que a esposa de Reginaldo havia mentido sobre a invasão e o roubo. Na verdade, ela mesma havia matado o marido.

“A acusada tentou ludibriar a Polícia Civil, simulando um latrocínio e furtando objetos da casa para despistar a investigação. No entanto, as contradições em seu depoimento e as evidências coletadas no local do crime a desmascararam”, afirmou o delegado Carlos Seabra, responsável pelo caso.

A autora do crime se encontra presa na carceragem da Delegacia Seccional de Picuí, à disposição da Justiça.

Redação com PB Agora

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS