“João fica forçando, tentando construir uma realidade que não existe”, diz Veneziano após encontro de João com Lula em Natal

Veneziano falou sobre seu encontro com o ex-presidente, e disse que Lula pediu para marcar a data de visita à Paraíba em julho

Publicado: 17/06/2022

FOTO: REPRODUÇÃO

O senador, vice-presidente do Senado e pré-candidato ao Governo do Estado, Veneziano Vital do Rêgo (MDB), em uma participação no Programa Se Liga PB, na manhã desta sexta-feira (17), voltou a comentar sobre o governador João Azevêdo querer ‘forçar a barra’ para apoio de Lula.

“João fica forçando, tentando construir uma realidade que não existe”, ressaltou.

Veneziano falou sobre seu encontro com o ex-presidente e pré-candidato à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em Natal, e disse que o ex-presidente pediu para marcar a data de visita à Paraíba em julho.

“Ele disse: marque a data no mês de julho para que eu esteja em qualquer localidade da Paraíba. Nós vamos estar no pré-lançamento dessa campanha antes mesmo do período de convenções”, contou.

O senador falou que após os festejos juninos estará marcando e agendando a visita de Lula ao Estado. Na ocasião o senador participou de agenda com o ex-presidente, e Lula gravou um vídeo falando de seu apoio as pré-candidaturas do ex-governador e pré-candidato ao Senado, Ricardo Coutinho, e de Veneziano a governador da Paraíba.

O vice-presidente do Senado disse que Lula havia feito o convite para participar da agenda em Natal, e que durante o encontro conversariam sobre o pleito de 2022 e sobre estratégias.

“Conversamos bastante sobre as estratégias que estamos desenvolvendo e conversamos inclusive sobre compromissos com ele chegando a Presidência da República, e nós ao Governo do Estado”, disse.

O pré-candidato pontuou que existe uma grande confiança entre ele e o ex-presidente, além de uma grande amizade que se estende ao ex-governador Ricardo Coutinho.

“Ele sabe com quem contar para desenvolver projetos e programas. É uma questão de confiança, espontaneidade e de identificação que Lula tem por nós, por Ricardo e por mim”, pontuou.

Redação

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS