Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Justiça anula prisão de perito acusado de matar motoboy atropelado em Manaíra e manda devolver fiança de R$ 13 mil

O juiz entendeu que a prisão em flagrante não preencheu os requisitos legais e determinou que a fiança arbitrada em R$ 13.120,00 fosse devolvida.

Publicado: 31/10/2023

FOTO: REPRODUÇÃO

O juiz da 2ª Vara Criminal de João Pessoa, Marcial Henrique Ferraz da Cruz, anulou a prisão do perito Robson Félix, acusado de matar atropelado o motoboy Orlando Pereira no dia 17 de setembro. A vítima conduzia a sua moto pela avenida Esperança, em Manaíra, e foi atingida pelo carro do perito que transitava em alta velocidade pela contramão.

Na decisão, o juiz entendeu que a prisão em flagrante não preencheu os requisitos legais e, acolhendo parecer favorável do Ministério Público, determinou que a fiança arbitrada em R$ 13.120,00 fosse devolvida ao perito. 

O advogado Aécio Farias, que defende o perito, não quis comentar a decisão.

Relembre o caso

Orlando Pereira Leal, de 38 anos, morreu no Hospital de Trauma de João Pessoa após ser atropelado por Robson. O acusado se apresentou horas após o fato, foi ouvido pelas autoridades policiais e aceitou fazer teste de alcoolemia. Pagou fiança de dez salários mínimos e responde o processo em liberdade.

Após o acidente, Robson Félix foi exonerado do cargo de diretor do Núcleo de Criminalística do Instituto de Polícia Científica (IPC). A decisão foi tomada pela Secretaria de Segurança Pública da Paraíba após a morte do motociclista. 

Com ClickPB

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS