Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Justiça da Argentina concede prisão domiciliar a Antônio Neto Ais, da Braiscompany

Segundo os detalhes iniciais, a decisão se deu após a defesa do empresário citar vários motivos, entre eles questões de saúde.

Publicado: 21/05/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

O empresário Antônio Neto AIS, proprietário da empresa de criptomoedas Braiscompany, de Campina Grande, estaria cumprindo prisão domiciliar, após uma decisão da Justiça da Argentina. A informação veio a tona na manhã desta terça-feira (21),

Segundo os detalhes iniciais, a decisão se deu após a defesa do empresário citar vários motivos, entre eles questões de saúde.

Relembre: Antônio Neto foi preso em fevereiro

Antônio Neto Ais, da empresa de criptomoedas Braiscompany, foi preso no dia 29 de fevereiro na Argentina. Conforme apurou o ClickPB, além de Antônio Neto, a esposa dele, Fabrícia Ais, também foi presa pela Polícia Internacional (Interpol).

Antônio Neto e Fabrícia, o ‘casal Braiscompany’, estavam foragidos há pouco mais de um ano.

No dia 24 de fevereiro de 2023, o juiz Vinícius Costa Vidor, da 4ª Vara da Justiça Federal em Campina Grande, decretou a prisão preventiva do casal.

O decreto veio após o delegado responsável pela operação Halving solicitar a ação, para que os nomes de Antônio Neto e Fabrícia pudessem ser incluídos na difusão vermelha da Interpol.

Fonte: ClickPB

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS