Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Mãe é presa após bebê morrer com sinais de espancamento no Sertão da Paraíba

A equipe médica da Unidade Básica de Saúde (UBS) que atendeu a vítima percebeu hematomas e cicatrizes em várias regiões do corpo do bebê.

Publicado: 09/11/2023

Foto: Reprodução

Um bebê de seis meses morreu com sinais de espancamento na manhã desta quinta-feira (8), no município de São José de Piranhas, no Sertão da Paraíba. A criança foi levada pela mãe e sua companheira para a Unidade Básica de Saúde (UBS) da região, mas a vítima chegou morta e com hematomas no corpo. As duas mulheres suspeitas foram presas.

A criança foi identificada como Maria Liliane Miguel da Silva. De acordo com a UBS, a mãe do bebê chegou às pressas na unidade, pedindo ajuda porque a vítima estaria passando mal. A equipe médica constatou que a criança não apresentava sinais vitais e tentou reanimá-la por aproximadamente 15 minutos, até a chegada do Samu.

A equipe da UBS retirou a roupa da criança e se deparou com cicatrizes na região dorsal e glúteos, além de escoriações na região oral e uma possível laceração anal. O bebê também apresentava hematomas na cabeça. Os profissionais solicitaram o apoio da Polícia Militar e o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol).

A mãe da criança foi identificada como Fernanda Miguel da Silva, de 19 anos, e sua companheira é Lilian Alves Romão, de 18 anos. As duas suspeitas foram presas e levadas para a delegacia de São José de Piranhas.

Por g1 PB

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS