Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Moraes nega novo pedido de Bolsonaro e depoimento à Polícia Federal é mantido no dia 22

Bolsonaro vai depor à PF na investigação que apura tramas golpistas envolvendo membros do governo e militares.

Publicado: 21/02/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

O depoimento do ex-presidente Jair Bolsonaro à Polícia Federal (PF) está mantido para esta quinta-feira (22). É que o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou um novo pedido de Bolsonaro para mudar a data.

Bolsonaro vai depor à PF na investigação que apura tramas golpistas envolvendo membros do governo e militares. Outros investigados da operação, incluindo dois ex-assessores do ex-presidente, também foram intimados a prestar depoimento no mesmo dia.

Em sua decisão, Moraes disse que a defesa já teve “acesso integral à todas as diligências e provas reunidas aos autos” e que “não há motivos para qualquer adiamento do depoimento marcado pela Polícia Federal para o dia 22 de fevereiro próximo”.

Na segunda-feira (19), a defesa de Bolsonaro havia pedido adiamento da data, mas Moraes não atendeu ao pedido. O ministro afirmou que a equipe jurídica do ex-presidente já teve acesso integral ao material das investigações.

Os advogados do ex-presidente afirmaram que ele tem “total interesse em cooperar plenamente com a investigação e provar sua inocência”. Mas que, neste momento, buscam preservar o direito à ampla defesa.

A defesa do ex-presidente argumentou que a decisão que autorizou a operação sobre o tema há duas semanas “contém excertos de supostas conversas presentes nos celulares apreendidos ao longo de todo este procedimento investigatório, mídias as quais a defesa não teve acesso até hoje”.

Portal Paraíba/G1

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS