Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Morre mulher que teve 75% do corpo queimado e ficou seis meses internada após cozinhar com álcool, na Paraíba

Chayane sofreu as queimaduras cozinhando com álcool, em agosto de 2023. Ela perdeu o bebê que estava gerando e ficou hospitalizada por seis meses, até receber alta no começo de março.

Publicado: 18/03/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

Morreu, nesse sábado (16), a mulher que teve 75% do corpo queimado, em Patos, no Sertão paraibano, ao cozinhar com álcool por não ter condições de comprar botijão de gás. Chayane Alves, de 33 anos, sofreu uma parada cardíaca após ter infecção generalizada, segundo informações iniciais.

Na época em sofreu as queimaduras ao acender o fogo com álcool, em agosto de 2023, ela foi internada no Hospital Regional de Patos, mas foi transferida para Campina Grande e, em seguida, para João Pessoa devido à gravidade dos ferimentos.

Ela perdeu o bebê que estava gerando e ficou hospitalizada por seis meses, até receber alta no começo de março.

Chayane estava morando em Cabedelo, na região metropolitana de João Pessoa, para poder fazer os curativos no Hospital de Trauma da Capital, onde esteve internada. Ela será sepultada no cemitério de Cabedelo.

Por Lucas Isídio

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS