Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Motorista de alternativo é preso pela Polícia Federal em Rio Tinto acusado de armazenar imagens de abuso sexual infantil

Segundo a PF, Os crimes investigados são os previstos nos arts. 241-A e 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente, com penas que podem chegar até 10 anos e multa.

Publicado: 23/05/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

Um motorista de transporte alternativo foi preso na manhã desta quinta-feira (23), por armazenar arquivos contendo imagens de abuso sexual contra crianças e adolescentes. A prisão se deu durante a operação ‘Discovery 7’, deflagrada pela Polícia Federal no município de Rio Tinto, Litoral Norte do estado.

De acordo com a Polícia Federal, a operação tem como objetivo combater o abuso sexual infanto-juvenil. Inicialmente estava sendo cumprindo um mandado de busca e apreensão na cidade, quando ocorreu a prisão em flagrante.

“No momento do cumprimento da medida cautelar, um homem de 44 anos, motorista de transporte alternativo, foi preso em flagrante por armazenar arquivos contendo imagens de abuso sexual contra crianças e adolescentes”, informou a PF em nota.

De acordo com o órgão federal, os crimes investigados são os previstos nos arts. 241-A e 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente, com penas que podem chegar até 10 anos e multa.

O nome da operação, descoberta em inglês, é uma alusão a atuação incessante dos policiais federais na busca por criminosos atuantes nessa modalidade delitiva que tantos prejuízos causam à sociedade.

Com informações da Polícia Federal

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS