MPF instaura procedimento para acompanhar duplicação da BR-230 entre Campina Grande e Pocinhos, na Paraíba

O procedimento foi instaurado em 2 de junho de 2022 e será distribuído entre os gabinetes da unidade do MPF em Campina Grande.

Publicado: 07/06/2022

Foto: Reprodução

O Ministério Público Federal (MPF) instaurou notícia de fato (procedimento apuratório) para acompanhar a execução da obra de duplicação da BR-230 entre os municípios de Campina Grande e Pocinhos (PB). A obra será custeada com recursos públicos federais. O procedimento foi instaurado em 2 de junho de 2022 e será distribuído entre os gabinetes da unidade do MPF em Campina Grande.

A instauração ocorreu a partir do conhecimento de notícia veiculada na imprensa sobre a autorização para início das obras de duplicação e considerou o expressivo montante de recursos públicos federais anunciados (R$ 368,7 milhões para 31 quilômetros de extensão) a serem empregados e a importância da obra para a região. 

Considerou também os transtornos à população decorrentes dos atrasos que vêm ocorrendo na triplicação da BR-230, entre os municípios de João Pessoa e Cabedelo, que, inclusive, são objeto de investigação da unidade do MPF, na capital.

MPF-PB

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS