Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Mulher é presa suspeita de matar marido por envenenamento, em Campina Grande

Caso aconteceu no dia 2 de março e foi tratado inicialmente como suicídio, mas investigações apontaram que suspeita ministrou, dolosamente, altas doses de medicamentos na vítima.

Publicado: 29/04/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

Uma mulher de 45 anos foi presa em Campina Grande, na sexta-feira (26), suspeita de matar o marido por envenenamento. De acordo com a Polícia Civil, a vítima foi identificada como Valteir Aparecido da Silva, de 56 anos.

O caso aconteceu no dia 2 de março de 2024. No dia seguinte, em 3 de março, a suspeita tentou suicídio com o uso de medicamentos, mas foi socorrida pelo Samu e encaminhada para o Hospital de Trauma de Campina Grande.

Inicialmente, a morte do homem foi tratada como suicídio, mas as investigações da Polícia Civil apontaram que a suspeita e a vítima mantinham um relacionamento conturbado, com discussões constantes. Sabendo das limitações físicas e enfermidades de seu companheiro, no dia 02 de março de 2024, a suspeita, após ingerirem bebidas alcoólicas, ministrou, dolosamente, altas doses de medicamentos, levando Valteir a óbito.

Após as investigações pela Delegacia de Homicídios de Campina Grande, foi expedido um mandado de prisão preventiva contra a suspeita.

Por g1 PB

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS