Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Mulher que levou cadáver ao banco diz que ‘não sabia’ que idoso estava morto

Erika de Souza Vieira Nunes foi presa nesta terça-feira (16) após levar um homem morto ao banco para tentar pegar um empréstimo no nome dele.

Publicado: 17/04/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

Erika de Souza Vieira Nunes declarou em depoimento à Polícia Civil do Rio de Janeiro que “não sabia” que Paulo Roberto Braga, de 68 anos, estava morto quando levou o homem de cadeira de rodas a uma agência bancária de Bangu, na Zona Oeste da capital fluminense, para sacar um empréstimo no valor de R$ 17 mil.

Segundo o delegado do caso, Fábio Luís Souza, em entrevista ao Bora Brasil, a mulher disse que o homem tinha um empréstimo aprovado em seu nome e pediu para que fosse levado até a agência bancária para efetuar o saque do dinheiro.

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS