Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

“Não será o DNIT empecilho para que eu me torne pré-candidato a prefeito em Esperança”, volta afirmar Arnaldo Monteiro

De acordo com Arnaldo, existe uma grande vontade de seu grupo político em vê-lo como pré-candidato a prefeito, porém é necessária muita cautela e ouvir a população sobre quem seria o melhor nome para encabeçar a chapa.

Publicado: 11/05/2024

FOTO: SE LIGA PB

O superintendente do DNIT/PB e ex-deputado estadual, Arnaldo Monteiro, em entrevista ao Programa Se Liga PB, na tarde deste sábado (11), voltou a afirmar que seu cargo atual não o impedirá de disputar a Prefeitura de Esperança e se colocar à disposição da população, se assim o for ocaso. Monteiro reiterou sua postura desprovida de vaidade em relação a cargos políticos, destacando que seu foco principal é a cidade de Esperança.

“Posso dizer com toda tranquilidade e volto a afirmar que não será o DNIT empecilho nenhum para que eu me torne pré-candidato a prefeito”, declarou.

De acordo com Arnaldo, existe uma grande vontade de seu grupo político em vê-lo como pré-candidato a prefeito, porém é necessária muita cautela e ouvir a população sobre quem seria o melhor nome para encabeçar a chapa. Ele pontuou que até o dia 5 de junho, prazo final para que possa tomar a decisão de seguir no DNIT ou se colocar como pré-candidato ao executivo, e até lá os nomes da majoritária deverão ser anunciados.

“Queremos sentir cada dia mais a população, quem vai decidir tudo é o povo”, destacou.

O ex-deputado revelou que a aliança firmada com o MDB, PL, Podemos, PSDB e União Brasil, vem para fortalecer ainda mais seu agrupamento político para a disputa, somando para transformar a realidade do município e para que a população possa voltar a ter uma saúde de qualidade e ser atendida em suas necessidades de fato.

“Estamos todos juntos e vamos buscar novos partidos. Todos aqueles que quiserem somar para termos uma Esperança diferente do que temos hoje, estaremos à disposição”, frisou.

O superintendente enfatizou ainda que sua cautela em se lançar como pré-candidato é justamente porque se encontra dialogando, firmando parcerias, analisando o quadro político e ouvindo a população que, segundo ele, deve indicar quem irá disputar a Prefeitura nas próximas eleições.

Monteiro ainda fez críticas à gestão do prefeito Nobinho Almeida, especialmente no que se refere a saúde e estrutura do Hospital Municipal, que foi reaberto recentemente após 5 anos em reforma.

“Tive a honra de construir esse hospital, que se você olhar é o mesmo, tirando o revestimento é o mesmo. Nada mais é do que o hospital maquiado do tempo de Arnaldo, é a mesma coisa que deixei funcionando”, disse. “Saúde de qualidade em Esperança não tem, faz parte do passado”, acrescentou.

Redação

 

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS